[Dica de leitura] Um de nós está mentindo | Karen M. McManus

Cinco alunos entram em detenção na escola e apenas quatro saem com vida. Todos são suspeitos e cada um tem algo a esconder. Numa tarde de segunda-feira, cinco estudantes do colégio Bayview entram na sala de detenção: Bronwyn, a gênia, comprometida a estudar em Yale, nunca quebra as regras. Addy, a bela, a perfeita definição da princesa do baile de primavera. Nate, o criminoso, já em liberdade condicional por tráfico de drogas. Cooper, o atleta, astro do time de beisebol. E Simon, o pária, criador do mais famoso app de fofocas da escola. Só que Simon não consegue ir embora. Antes do fim da detenção, ele está morto. E, de acordo com os investigadores, a sua morte não foi acidental. Na segunda, ele morreu. Mas na terça, planejava postar fofocas bem quentes sobre os companheiros de detenção. O que faz os quatro serem suspeitos do seu assassinato. Ou são eles as vítimas perfeitas de um assassino que continua à solta? Todo mundo tem segredos, certo? O que realmente importa é até onde você iria para proteger os seus.
Jovem Adulto | Thriller | 384 páginas | Galera Record | 2018 | Amazon | Skoob
"Se tudo o que você soubesse a respeito do Colégio Bayview viesse do aplicativo de fofoca de Simon Kelleher, você se perguntaria como alguém ainda poderia ter tempo de assistir às aulas." p. 9
 Um thriller jovem adulto que promete ser uma mistura viciante de Pretty Little Liars e O Clube dos Cinco. Esse é Um de nós está mentindo, lançamento de fevereiro da Galera Record, que apresenta cinco adolescentes que terminarão uma segunda-feira na detenção pelo mesmo motivo: celulares. Bronwyn, Nate, Addy, Cooper e Simon sabem que o professor é muito rigoroso quando o assunto é celular e tecnologia, que revista as mochilas antes do início de cada aula, mas, mesmo assim, os cinco acabam aparecendo com celulares nas bolsas. O problema é que todos dizem que os celulares não são deles e que alguém planejou tudo. Como se não bastasse essa pegadinha, Simon acaba morrendo durante a detenção e todos os outros acabam sendo suspeitos. Não apenas porque estavam na mesma sala que ele durante o ocorrido, mas porque, no dia seguinte, o garoto iria postar um segredo de cada um no aplicativo de fofocas do colégio. Todos eles dizem que estavam ali graças a armação de alguém, mas quem será que está mentindo?
"– Todo mundo tem segredos – diz ele. – Certo?" p.45
 Um de nós está mentindo apresenta um thriller realmente cativante que te prende logo nas primeiras páginas. A narrativa em primeira pessoa e intercalada entre os quatro envolvidos nos ajuda a entender como eles possuem personalidades, pensamentos e ideias diferentes  o que nos proporciona uma leitura ainda mais completa. Os temas abordados por Karen McManus através dos segredos de seus personagens e vidas conturbadas se fazem presente de forma natural, de modo que podemos refletir sobre bullying, amizade, relacionamentos abusivos, sexualidade, responsabilidades e etc. É fácil mudar de teoria várias vezes, se empolgar com as descobertas e se apegar ou torcer para seu personagem favorito, mas lembre-se de ficar com um pé atrás, afinal, há sempre a possibilidade de ser ele o assassino.
"Vocês me escutam aí em cima! Algum segredo para me contar?" p. 85
 No meio de tudo isso, a autora consegue acrescentar um romance que acaba tendo bastante destaque a partir de certo ponto da leitura e, no final, acaba fazendo com que a história vá além do mistério. Isso não é um ponto negativo, ainda mais se você gostar dos personagens envolvidos nesse ponto, mas pode deixar uma sensação de muita leveza. Por mais que seja um thriller jovem adulto, feito para manter o suspense e abordar questões da adolescência. De qualquer forma, é ótimo como a autora consegue nos conectar com cada personagem (deixando claro a relevância de cada um), nos fazer sentir naquele ambiente escolar e nos induzir a participar da investigação como se nossa vida realmente estivesse envolvida
"Agora eis o dever de casa: liguem os pontos. Será que está todo mundo mancomunado ou alguém está no controle? Quem é o manipulador e quem são as marionetes?" p. 143
 Um de nós está mentindo é um thriller extremamente envolvente e capaz de te fazer roer as unhas de tanta ansiedade para descobrir o que realmente aconteceu.  Karen McManus apresenta personagens reais que iremos acompanhar sempre com aquela sensação de "talvez ele seja o assassino" enquanto entendemos a complexidade de cada um. Esse é um livro perfeito para quem admira uma história interessante e cativante, que te prende do início ao fim e ainda nos faz refletir sobre o que acontece ao nosso redor.

"Eu tento imaginar o caso – eu Nate e as duas garotas tramando um assassinato por óleo de amendoim na sala de detenção do Sr. Avery. É tão idiota que sequer renderia um bom filme." p. 94
"– Pelo visto você não é perfeita. E daí? Bem-vinda ao mundo da verdade." p. 132
"Minto sempre que é conveniente." p. 135
"Não confiamos uns nos outros, isso é bastante óbvio." p.149
"– Eu não consigo aguentar essa barra se você parar de falar comigo." p. 183
"Então, me diga: quem mais tem um motivo? Qual a história que não está sendo contada?" p. 195
"– Sente aí. O clube dos assassinos inteiro numa única mesa." p. 278
"Quero que me surpreendam ao eliminar um bando de babacas. É tudo o que peço." p. 289
"Ele debochava das pessoas, mas queria as mesmas coisas que elas." p. 343,
Adbox

@magialiteraria_