[Resenha] Por um toque de magia | Carolina Munhóz

Depois de Por um toque de ouro, em que Emily O’Connell, herdeira de um império fashion, descobre ter o dom da sorte e fazer parte de uma rara linhagem Leprechaun, e Por um toque de sorte, em que é levada para o centro de um esquema perigoso e cruel por alguém que está se apropriando de seu dom, a jovem protagonista da Trindade Leprechaun, trilogia de fantasia contemporânea inspirada nas lendas irlandesas, luta para recuperar o que é seu em Por um toque de magia. E enquanto retoma o controle sobre seu próprio destino, Emily acaba se apaixonando, no emocionante desfecho da série, repleto de fantasia e romance.
Fantasia | 272 páginas | Fantástica Rocco | 2017 | Amazon | Skoob
"Aquela era a hora."
 Em Por um toque de ouro e Por um toque de sorte, Carolina Munhóz nos apresentou Emily O'Connell, uma jovem irlandesa que sempre teve tudo do bom e do melhor. Rica, vaidosa e mesquinha, nossa protagonista não imaginava o que estava por trás de toda a sua felicidade. Ou melhor, sua sorte. Quando a mesma é roubada e Emily precisa enfrentar dilemas inesperados em busca de amadurecimento e força, nós começamos a acompanhá-la em uma jornada cheia de descobertas e, finalmente, descobriremos o final do arco-íris em Por um toque de magia.

"Só sabia que naquele dia precisava mudar tudo.
 O momento de viver sob o jugo dele chegara ao fim." p. 96
 A narrativa é simples, a leitura é rápida e objetiva, e acompanhar a busca por justiça é realmente animador. A jornada de Emily nos apresentou uma grande aventura - ao longo da trilogia, visitamos lugares como Dublin, Los Angeles, Praga, Amsterdã, São Francisco e etc - e, principalmente, um caminho repleto de altos e baixos. Emily precisou mudar bastante até chegarmos em Por um toque de magia, mas sua personalidade difícil acaba sendo um ponto positivo de toda a obra. Suas características vão sendo modificadas e, mesmo que seja difícil abandonar velhos hábitos, o amadurecimento é certo.
"Será que voltarei a ser vazia?" .p. 170
 A conexão com a temática do livro vai crescendo e é ótimo nos depararmos com mais um livro repleto de descobertas, dúvidas e segredos. Conseguimos ver o melhor lado de Emily, torcemos para que as pessoas certas paguem o preço de seus atos, nos vemos em meio a um conflito de amor e ódio e pontas soltas não são deixadas para trás. A história desse livro começa exatamente de onde Por um toque de sorte terminou e confesso que fiquei com um pouco de medo do que a autora nos reservaria no final, porém posso afirmar que descobrir o verdadeiro pote de ouro no final do arco-íris foi muito satisfatório.
"Sentia que tinha feito o que era necessário." p. 219
 Com direito a sentimentos confusos, atitudes contraditórias e atos mal pensamentos, a jornada de Emily O'Connel termina com mistérios resolvidos, descobertas apropriadas e um crescimento grande da protagonista. Carolina Munhóz nos leva até o final do arco-íris garantindo uma leitura repleta de cultura, ensinamentos e sensibilidade. Mal posso esperar para saber o que seus próximos projetos nos reservam.
Adbox

@magialiteraria_