Resenha | A Outra Sra. Parrish, de Liv Constantine

 Amber Patterson não aguenta mais. Está cansada de ser uma ninguém: uma mulher sem graça e invisível que não se destaca na multidão. Ela merece mais – uma vida de dinheiro e poder como a que Daphne Parrish, a deusa loira dos olhos azuis, tem e não valoriza. Para todos na pequena cidade de Bishops Harbor em Connecticut, a socialite e filantropa Daphne e seu marido Jackson, o magnata do mercado imobiliário, são um casal que parece recém-saído de um conto de fadas. A inveja de Amber poderia consumi-la por dentro... Se ela não tivesse um plano. Amber usa da compaixão de Daphne para se inserir na vida da família – o primeiro passo de um esquema meticuloso para destruí-la. Em pouco tempo, ela se torna a amiga mais próxima de Daphne, vai para a Europa com os Parrish e suas duas belas filhas, e se aproxima de Jackson. No entanto, um fantasma de seu passado pode destruir tudo que ela construiu e, se seu segredo for descoberto, seu plano perfeito pode ir por água abaixo. Com reviravoltas chocantes e segredos tão profundos que te deixarão tentando adivinhá-los até o final da história, A Outra Sra. Parrish é um thriller repleto de emoções e completamente viciante, escrito por mãos diabolicamente imaginativas. 
432 páginas | Suspense | Mistério |  HarperCollins Brasil | 2018 | Amazon | Skoob
Amber Patterson estava cansada de ser invisível.
 Uma mulher de 26 anos está resolvida a mudar de vida. E não apenas "mudar de vida", mas tomar o lugar de outra mulher. À primeira vista, Amber Patterson parece frágil, ingênua e inofensiva, mas guarda dentro de si muitas mágoas de um passado difícil e turbulento. É por isso que ela está decidida a mudar seu futuro e começar a fazer parte da vida de Daphne Parrish, uma mulher rica e filantropa que parece não dar valor a tudo que conquistou, para depois conquistar o seu lugar.
 O que ela queria de Daphne era tudo.
 As promessas de reviravoltas chocantes e segredos profundos demoram a surgir durante a leitura de A Outra Sra. Parrish, mas não há dúvidas de que Liv Constantine consegue nos mantes presos em uma história repleta de surpresas e momentos empolgantes. A primeira parte do livro é focada em Amber, e temos a oportunidade de conhecer passo a passo de seu plano através de uma narrativa em terceira pessoa que é instigante e sempre com ar de mistério. Através dela vemos os diversos pontos doentios da personalidade de Amber e começamos a nos questionar o que de fato a trouxe para tal momento, o que colaborou para que sua determinação fosse tão calculada. Não há dúvidas de que há inteligência na personagem, entretanto alguns pontos curiosos começam a nos fazer questionar se era realmente ela que estava no comando.
O motor estava aquecido. Agora era apenas uma questão de conduzir o carro direito.
 Após 230 páginas acompanhando o desenrolar do plano de Amber, o tom do livro muda. A partir daí temos uma narrativa em primeira pessoa que é esclarecedora e te incentiva a seguir em frente e participar de um novo plano. Amber não é nossa narradora, então temos a oportunidade de conhecer um lado ainda mais sombrio da história que nos está sendo contada. Foi aí que a leitura se tornou, sim, viciante e me fazia ansiar por cada nova cena, cada novo passo que seria dado a fim de dar a Amber o que ela sempre mereceu.
Não era hora de amolecer. Dessa vez, ela venceria.
 Fiquei surpresa com a grande reviravolta da história e muito empolgada com a trama. No início da história, a leitura tende a ficar um pouco tediosa quando já sabemos boa parte do plano de Amber e já imaginamos como ela irá ultrapassar cada etapa. É possível se questionar se a sinopse não é uma daquelas feitas apenas para aguçar a curiosidade do leitor e depois decepcioná-lo, mas  quando a mudança finalmente chega, você percebe que cada momento valeu a pena. Cada momento com Amber – seja ele tediosos ou não – serviu para que nossa repulsa por ela crescesse, então é maravilhoso aproveitar os momentos de esclarecimento da segunda parte do livro e os cenas de liberdade e vingança que nos são proporcionados nos últimos capítulos.
– Você me enganou?
– Aprendi com o melhor.
 A Outra Sra. Parrish é um livro que garante protagonistas determinados, reviravoltas empolgantes e verdades importantes que fazem o leitor refletir. Liv Constantine aborda assuntos como violência doméstica, relacionamentos abusivos, educação e confiança enquanto nos faz seguir por um caminho sem volta junto a seus personagens e nos lembra a importância de conhecer bem aonde estamos pisando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia sem comentar!
Queremos saber sua opinião ;)

Adbox

@magialiteraria_