Resenha | Um Segredo Doce e Amargo, de Barbara Delinsky

Um romance sobre amor e redenção da autora best-seller Barbara Delinsky. Charlotte e Nicole um dia foram melhores amigas, passando memoráveis verões juntas em uma ilha no Maine. No entanto, muitos anos e muitos segredos as mantiveram separadas. Ao aceitar escrever um livro sobre a culinária local, Nicole convida a velha amiga, agora uma escritora de sucesso, para trabalharem juntas. Por mais que a ilha resgate a emoção dos velhos tempos, quando Charlotte percebe que a verdade pode salvar o marido de Nicole, ela precisa enfrentar seus fantasmas e sofrer as possíveis consequências que a honestidade pode trazer. Corações vão se abrir sob as estrelas e segredos há muito esquecidos flutuarão na suave brisa marinha.
Romance | Drama | 392 páginas | Bertrand Brasil | 2018 | Amazon | Skoob

:: Por Thatiana M.

Para Charlotte esse verão seria diferente elaque já tinha prometido que não voltaria aquela cidade, resolveu retornar, desacelerar, depois de receber o email de Nicole ela não podia recusar o convite da amiga afinal não tinha só lembranças ruins ,mas voltar a Quinnipeague seria reviver os bons momentos também.Prometeu que assim que chegasse entraria e contato com Nicole. Mesmo decidida, Charlotte ainda sentia que algo a incomodava. Depois de 10 anos ela voltaria ao local onde viveu uma grande amizade, pessoas que a faziam feliz mas que depois de tudo que aconteceu ela foi obrigada a ir embora sem explicações. Ela que se fechou esses anos todos iria reviver seu passado, reencontrar Nicole e talvez fosse sua segunda chance de provar ser uma amiga de verdade.

A ideia de escrever um livro sobre a culinária local fez com que Nicole convidasse Charlotte, ela que conviveu naquele lugar agora poderia ajudá-la nesse projeto com entrevistas com moradores da região para complementar o trabalho.Para Charlotte voltar a Quinnipeague era reacender emoções do passado, segredos guardados que poderiam modificar suas vidas.

Julian e Nicole batalham a 4 anos a procura da cura de Julian. Ele foi diagnosticado com esclerose múltipla, mas não permite que Nicole conte a mais ninguém. Nem seus pais, seus filhos e amigos. Só que Julian convive com muitos médicos pois é cirurgião e se descobrirem, ele certametne será afastado. Com receio que o pior aconteça ele persiste em um tratamento. Surgem algumas possibilidades mas nada que desse segurança.Até que a doação de células tronco de cordão umbilical poderia ser um método que causaria a sua cura. Mas as dúvidas só aumentavam pois não se sabe como JUlian reagiria, se o seu corpo não suportasse o procedimento ele poderia morrer. Muitas coisas para decidir sobre isso, dúvidas e incertezas que rondavam sem saber que a esperança podia estar bem perto, entre eles.
A vida continuava. Traumas iam e vinham.
A narrativa é em terceira pessoa, a autora nos traz uma história de amizade mostrando toda a ambientação do local, tradições, momentos que as personagens principais viveram e nos apresentando um enredo cheio de sentimentos. A leitura é tranquila, as vezes senti que em determinadas situações o rimo fica lento. Não que a história tenha um tema parado mas que por se alongar muito o que era mais importante de se esclarecer ficou pra trás. Houve um drama que poderia ser resolvido logo no inicio e acho que a autora poderia dar vida a outros personagens que foram citados mas que não foram presentes na história. Acho que todo o mistério sobre esse segredo poderia ter sido ainda melhor com a presença de uma determinada personagem. 

Charlotte gosta de se aventurar, se senti livre pra ser assim. Depois que seu spais faleceram muito cedo ela vive sozinha e sempre sentiu que a família de Nicole era a sua também principalmente nos verões na Ilha Quinnipeague. Se não tivesse acontecido o inesperado no dia do casamento de Nicole, talvez Charlotte não tivesse se afastado tanto tempo. Era como se algo tivesse se quebrado, um elo sido desfeito. Mas só Charlotte sabia o que era. Nicole nem imaginava os motivos da evasão da amiga.
Ninguém podia saber, o que significava não ter saída; nem apoio emocional nem conselho capaz de ajudar.
Reencontrar Nicole, era se reencontrar com lembranças e decisões mal resolvidas. AS duas amigas dividiam o trabalho com o livro, enquanto Nicole escreve, Charlotte faz as entrevistas com os moradores da região. Animada com o projeto Charlotte senti que era preciso fotos e uma entrevista com a fonte da Ilha, porém quem era a responsável já havia falecido, agora quem cuidava era seu filho Leo Cole, só que Nicole preferia que a amiga ficasse distante dele por ser conhecido como perigoso, antissocial que só seu cachorro Urso para conviver com ele que vivia isolado de tudo e todos. Porém, Charlotte precisa ter conhecimento dos temperos da região para concluir o livro e sendo assim ela teria que falar com ele .

Leo Cole decidi viver uma vida bem afastada de tudo e de todos. Ele cultiva a herança da mãe. Já foi preso por vender as ervas ilicitas e tendo uma personalidade dificil, muitos tem uma visão errada, porém ele não se preocupa com a opinião dos outros pois já se decepcionou na vida e seu coração parece ter se tornado frio. Até que ele se depara com alguém com personalidade forte e uma insistência que o pega de surpresa, talvez isso ilumine sua vida e ele se transforme além de que ele também guarda um segredo que é será dividido por essa mesma pessoa.

A autora Barbara Delinsky deixa aqui uma história onde os personagens guardam segredos entre eles e quando se deparam com o inevitável pra cada um, eles percebem que revelar a verdade é a melhor tentativa de deixar o coração leve e livre para recomeçar. O livro também fala de recomeço.Amizade, amor, perdão, lembranças afetivas, tudo isso dividido em um livro de 390 páginas provando que o amor ultrapassa as barreiras e salva a quem acredita nele.

:: Por Thatiana M.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia sem comentar!
Queremos saber sua opinião ;)

Adbox

@magialiteraria_